segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Além da vida

'Eu queria entender ou pelo menos explicar
O que sinto aqui dentro
É tão grande, tão intenso, tão bonito...
E bastou ver teu sorriso
Pra tudo isso acontecer

Eu queria entender ou pelo menos explicar
O que se passa aqui dentro
Que coisa é essa que chegou revolucionando
Me fazendo perder noites e noites a fio
Bagunçando tanto a minha vida

E é tão grande, tão intenso, tão bonito...
E me faz tão bem
E já não há como viver sem...

Eu queria entender ou pelo menos explicar
O que acontece aqui dentro
Que me deixa tão feliz, tão fora de mim
Que me faz perder o rumo, me faz perder o prumo
Que me leva do céu ao inferno em questão de segundos

E é tão grande, tão intenso, tão bonito...
E me faz tão bem
E já não há como viver sem...

É como se a vida tivesse nos reaproximado
Como se retomássemos um caminho iniciado em outras vidas
Porquê é muito forte e é tão lindo
E é algo para além dessa vida, é para sempre
Então vamos aproveitar

E eu sei que um dia tudo vai se acertar
Meu coração vai saber a hora certa
Eu sabia a minha vida inteira que iria te encontrar
Eu vou te mostrar o quanto eu te amo
E então, enfim, seremos felizes

E é tão grande, tão intenso, tão bonito...
E me faz tão bem
E já não há como viver sem...
Não tenha medo, vem'


Amar deixa a gente besta. Sem mais.

Um comentário:

  1. Seu blog é tão sensível! Que bom ler coisas de gente que tem alma!

    ResponderExcluir

E aí, o que achou?